Moda e Beleza

Organize o guarda-roupa para o verão e livre-se de algumas peças a mais

1 Maio, 2021

Está na altura de renovar o guarda-roupa com peças mais leves. Mas será que precisa de tudo do ano passado? Não fique com mais do que o necessário.

A primavera chegou e com ela os dias mais bonitos, mais quentes e, claro, a necessidade de ajustar o guarda-roupa à nova estação. Segundo os especialistas, como Bárbara Mendonça, consultora de imagem, esta é a altura perfeita para ver com atenção tudo o que tem guardado, selecionando o que está de facto em excesso e o que deve ficar para usar durante esta estação.

Ter apenas o essencial no armário é o grande e verdadeiro truque para simplificar os seus dias, pois acaba por perder menos tempo no que escolhe para vestir diariamente, uma vez que só lá vão estar as peças de que realmente gosta, que lhe ficam bem e que lhe servem.

Um guarda-roupa organizado torna, sim, o nosso dia-a-dia mais prático, diminuímos as possibilidades de errar no look e garantimos que tudo o que temos disponível dentro dele são peças que realmente usamos e que estão de total acordo com a nossa identidade visual, que nos fazem sentir bem e na nossa verdadeira pele.

Claro que arrumar o armário não é tarefa fácil. Prepare-se para esta que é uma tarefa difícil, mas não impossível, com as dicas dadas pela consultora de imagem.

Guarda-roupa: hora da verdade

Analise todo o guarda-roupa de uma só vez. Tire o seu tempo e experimente, peça a peça, tudo o que tiver. Durante essas provas terá de fazer escolhas.

Faça as seguintes questões:
♦ Esta peça de roupa ainda me serve?
♦ Favorece o meu corpo atual?
♦ Está em boas condições?
♦ É uma peça intemporal ou uma tendência ultrapassada?
♦ Sinto-me confiante quando a uso?
♦ Usei na estação passada?
♦ Representa quem eu sou hoje?

Ajuda

Mediante as respostas que dá a si mesma, comece a separar peça por peça. Aquelas que tiverem muitas respostas positivas, entram diretamente para
o armário, uma vez que lhe são essenciais.

Peças com respostas negativas. O que fazer?

Tudo aquilo que vestiu e com o qual não se gostou de se ver, que não lhe serve, que não a favorece, que já não usa há muito tempo e provavelmente não terá vontade de voltar a usar devem ganhar uma nova vida, fora de sua casa, claro.
♦ Separe tudo o que já não faz sentido continuar no seu guarda-roupa, pode vender ou doar;
♦ Separe tudo o que precisa de um arranjo.

Está indecisa

Se alguma peça a deixou baralhada ou com um sentimento de divisão entre guardar ou desapegar-se dela, deixe-a à parte. Reveja daqui a uns dias essas peças, volte a vestir e tome uma decisão final.

Vamos arrumar

Uma vez que está a fazer este processo todo, faça-o com todos os cuidados. Aproveite para ordenar tudo de acordo com o seu espaço e conforme o que for mais conveniente para o seu dia-a-dia. Esqueça aquela coisa de amontoar roupa, porque caso isso aconteça é provável que mesmo assim fique com peças que acabará por continuar a não usar. O mais importante é que todas as peças estejam visíveis, para que tire partido de tudo o que tem.

Leia mais
Já existe um armário inteligente que lava e passa a roupa! E só custa 2400 euros

Foto: Pixabay

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top